Em Breve!
Em Breve!
Em Breve!

Um fator que só o MTMway traz para os fãs de The Maine registrados no Street Team, vocês enviaram suas perguntas e nós enviamos para os meninos. Foram mais de 460 perguntas enviadas e nós acabamos enviando mais perguntas do que o combinado.
Respondendo as perguntas enviadas por vocês, Pat falou sobre o Brasil, a experiência, a independência com Pioneer e claro, cupcakes!

Thank you for answering Pat!

Of all music process of creation, which fase you enjoy most: compose, record or being on tour? / De todos os processos de criação da música, qual fase você tem preferência: Compor, gravar ou estar em turnê? (Greicy Borges Pereira, nº 269)
A: It is hard to decided on just one because I think whithout each of those phases it would get frustrating. Writing songs and never hearing them as a finished product would be hard after awhile and then having a group of recorded songs and never being able to play them live for people. They all go together very nicely.
É difícil de decidir em um só porque eu acho que sem uma dessas fases deveria ser frustrante. Escrever músicas e nunca as ouvir prontas no CD deveria ser difícil depois de um tempo e então ter um tanto de músicas gravadas e nunca ter a possibilidade de tocá-las ao vivo para as pessoas. Elas combinam muito bem juntas.

Which word can define each member of the band? Why? / Que palavra define cada membro da banda? Por quê? (Greicy Borges Pereira, nº 269)
A: I think it would be too hard to put a human into just one word. everyone had there different sides to them. Cant put someone into a box.
Eu acho que seria muito difícil de descrever um ser humano em só uma palavra. Cada um aqui tem um lado diferente. Não dá para colocar alguém em uma caixa.

Following the european tour personally, I could realize that there are no comparison betweet the brazilian shows and international shows. The venue you played in Brazil was hudge and we even had a sold out show, which is not normal for bands who come for the first time. The feelings change? The expectations change? How it is to arrive in a country where you don’t know the language and there are a lot of people approaching you, knowing what you guys do and singing your songs, something that is outside of their rotine, for being in a different language? / Seguindo a turnê europeia, pude perceber que não há comparação entre os shows brasileiros e os internacionais. A casa de show que vocês tocaram no Brasil era enorme e nós até tivemos um show esgotado, o que não é tão normal para bandas que vem pela primeira vez. Os sentimentos mudam? As expectativas mudam? Como é chegar em um país onde você não sabe a língua e há diversas pessoas se aproximando de você, sabendo o que vocês fazem e cantando suas músicas, algo que é fora da rotina deles, por ser em uma língua diferente? (Natashia Kitamura, Web)
A: The tour in South America was unlike anything I have ever experienced and is something I will never be able to be able to forget. There was a lot of excitement for music in the room each night at the shows. I can not wait to experience it again.
A turnê na América do Sul foi diferente de qualquer coisa que eu já passei e é algo que eu nunca vou conseguir esquecer. Houve muita animação com as músicas nas casas de cada show. Eu mal posso esperar para passar por isso novamente.

How do you want to be seen/remembered ten years from now? / Como vocês querem ser vistos/lembrados daqui a dez anos? (Isadora Carvalho Nunes Rosa, nº 964)
A: I hope we made an impact on people lives and most importantly I hope we are still doing this which I think we will be doing.
Eu espero que nós tenhamos feito um impacto na vida das pessoas e mais importante, eu espero que nós continuemos fazendo isso, que é o que eu acho que estaremos fazendo.

There are a couple of fans that fight, practice bullying because of you, to see who love you more and so on. What do you say to them? / Há alguns fãs que brigam e praticam bullying por causa de vocês, para verem quem ama vocês mais. O que você diz para eles? (Isadora Carvalho Nunes Rosa, nº 964)
A: We are all humans everyone needs to remember that. There is no need to treat someone else bad.
Nós todos somos humanos, todo mundo deve lembrar disso. Não há necessidade de tratar alguém mal.

Fights between brothers is almost a rule. What was the most silly thing for which you have fought? / Brigas entre irmãos é praticamente uma regra. Qual foi a coisa mais boba que vocês já brigaram? (Fernanda Zaninelli Rocha, nº 433)
A:Ooo man there are probably too many little things I have gotten into arguments about in my life. None of them matter.
Ahh cara, há provavelmente muitas coisas banais que eu nós argumentamos em minha vida. Nenhuma delas importa.

PIONEER

How was taking the decision to create an independent album? It was hard to get to the conclusion that with the old record it wouldn’t work, or was an obvious idea and was accepted by all of you easily? / Quando foi que decidiram criar um álbum independente? Foi difícil chegar à conclusão de que com o último álbum não daria certo, ou foi um ideia obvia e foi aceita por todos vocês facilmente? (Clara dos Santos Moço, nº 397)
A: It was the only thing we could have done in the situation we were in at the time. Everyone knew that was what the best thing to do.
Foi a única coisa que nós teríamos feito na situação que nós estavamos naquele momento. Todo mundo sabia que aquilo era a melhor coisa a fazer.

You had a lot of freedom to produce Pioneer. Do you thing all this freedom make it easier or harder to produce the album? / Vocês tiveram bastante liberdade para produzir o Pioneer. Você acha que toda essa liberdade tornou mais fácil ou difícil de produzir o álbum? (Nathalia Araújo, nº 337)
A: I think it made it easier. We just wrote and recorded what we wanted too there was no trying to please anybody else.
Eu acho que facilitou. Nós apenas compomos e gravamos o que nós quisemos, não havia tentativas de agradar ninguém.

PERGUNTAS ESPECÍFICAS

To Garrett: In one of your tweets, we found out you don’t like cupcakes. Why? (Julia Kao Igarashi, nº 1285)
A: Sem resposta.

To John: Are your ‘samba’ better now? (Clara dos Santos Moço, nº 397)
A: Sem resposta.

To Pat: Are you really an addicted to cupcakes? / Você é mesmo viciado em cupcakes? (Fernanda Zaninelli Rocha, nº 433)
A: I am not.
Não sou.

To Kennedy: I’ve heard you’re good with languages, which foreign language you find more interesting? (Luciana Nono Alvares, nº 897)
A: Sem resposta.

To Jared: It’s visible how much you’ve changed your skills with the guitar since the first EP. You made it by practicing or you just decide to try new chords and it works? (Natashia Kitamura, Web)
A: Sem resposta.

BRASIL E STREET TEAM

You guys chose to record your first DVD in a foreign country. Why? / Vocês escolheram gravar o seu primeiro DVD num país diferente. Por quê? (Bárbara Serrachioli de Almeida, nº 808) (Greicy Borges Pereira, nº 269) (Julia Kao Igarashi, nº 1285) (Maria Fernanda Rosa Dezan, nº 805) (Graziele Cardoso Nunes, nº 144) (Nathália Monteiro Lopes, nº 840) (Júlia Santos de Oliveira, nº292) (Thaís Juliana Silva Pereira, nº 877) (Beatriz Cristina B. Peixoto, nº 837) (Nathalia Araújo, nº 337) (Thayse Ferrari de Oliveira, nº 1280) (Laura Akemi Tamaki Nichime, nº 1050)
A: We had such a great experience last time and there was a special energy in the room we figure why not try to capture that on film?
Nós tivemos uma ótima experiência da última vez e havia uma energia especial nos shows, nós pensamos: por que não tentar capturar aquilo num vídeo?

About how many songs there will be in the setlist? Pioneer songs will be the majority? / Em torno de quantas músicas estarão no setlist? Músicas do Pioneer serão a maioria? (Greicy Borges Pereira, nº 269) (Graziele Cardoso Nunes, nº 144) (Ana Flávia Massêo Saldanha, nº 306)
A: I am not sure yet but we will be playing a ton of music of every album.
Eu não tenho certeza ainda, nós vamos planejar um monte de música de todos os álbuns.

Usually, american bands goes on tour together, as you did the european one with All Time Low and We Are The in Crowd recently. But it’s really hard to see those same bands on tour together here in Brazil. What is the difficulty on coming together? There are any restriction or difficulty with your agenda? / Normalmente, bandas americanas saem em turnê juntas, como vocês fizeram a europeia com o All Time Low e We Are The In Crowd recentemente. Mas é muito difícil ver as mesmas bandas virem em turnê juntas para o Brasil. Qual é a dificuldade em virem juntas? Há alguma restrição ou dificuldade com a agenda? (Natashia Kitamura, Web)
A: We were really excited about being the only band on the bill because then we will get to play double the music for you.
Nós estavamos muito animados sobre sermos a única banda no contrato porque nós vamos conseguir tocar o dobro de músicas para vocês.

If you could chose a song of you to dedicate to your brazilian fans, which one would it be and why? / Se vocês pudessem escolher uma música de vocês para dedicar às suas fãs brasileiras, qual seria e por quê? (Mariane Gomes, nº 1116)
A: Hmm that is hard I guess the entire new album. We made this album because we knew fans like you would be there to support us.
Hmm, essa é difícil, eu acho que o novo álbum inteiro. Nós fizemos esse álbum porque sabíamos que fãs como vocês estariam aqui para nos apoiar.

Now you came over once, how do you see our country, considerating the stereotype of samba, beaches, bikinis and sun all the time? There are something that suprised you? / Agora que vocês vieram uma vez, como vocês veem nosso país, considerando o esterotipo de samba, praias, biquínis e sol todo tempo? Há algo que surpreendeu vocês? (Clara dos Santos Moço, nº 397)
A: I thought the country was amazing and like nothing I have ever seen or experienced before. I am excited to get to come back so soon and explore more. As far as stereotypes go I don’t really pay attention to that stuff I went in to the country with an open mind just ready to have a good time and play music.
Eu achei o país maravilhoso, algo que nunca vi ou passei ante. Estou animado para voltar logo e conhecer mais. Independente dos estereotipos, eu não prestei muito atenção nessas coisas, eu fui para o país com uma mente aberta, pronto para ter um bom momento e tocar música.

Define Brazil in one word. / Defina o Brasil em uma palavra. (Rebecca Nunes Jacinto de Araújo, nº 856)
A: Again that is so hard but a word I would use is “Crazy” and I mean that in the best way possible.
Novamente, isso é tão difícil, mas uma música que eu usaria é “Louco” e eu falo isso na melhor maneira possível.

MENSAGEM

To finish, send a message to all Street Teamers. What can we wait of The Maine in Brazil 2012? / Para finalizar, envie uma mensagem para todos os Street Teamers. O que nós podemos esperar de The Maine no Brasil 2012?
A: Thank you all for the help you are the reason we are able to come and play for you. I can not wait to bring the Pioneer world tour to you, by then it should be a well oiled machine. See you in July/August.
Obrigado por toda ajuda, vocês são a razão de nós podermos ir praí e tocar para vocês. Eu mal posso esperar para trazermos a turnê mundial do Pioneer até vocês, até lá vamos trabalhar bastante para surpreender vocês. Vejo vocês em Julho/Agosto.


LEMBRANDO

Perguntas escolhidas: 50 pontos cada
Perguntas respondidas: 100 pontos cada

Confira a pontuação total aqui.


15/03/2012 - Postado por My The Maine Way My The Maine Way,No Brasil,notícias,The Maine no Brasil









5 Comentários em “Entrevista com @patmaine – Pergunte ao The Maine #003”


Gabriela @ 15-03-2012 - 17:50

Muito bom! Amei, de verdade!


Clara @ 15-03-2012 - 18:19

Minhas perguntas, que lindo!! *-*


Nath @ 15-03-2012 - 20:42

“We were really excited about being the only band on the bill because then we will get to play double the music for you.” ooown *-*


Jubs @ 16-03-2012 - 23:20

nossa, ficou demais *-* ameeei de vdd :’)


Fla @ 17-03-2012 - 13:16

Aw amei!!
“Hmm that is hard I guess the entire new album. We made this album because we knew fans like you would be there to support us.” <3